Cristina Carvalho

Há 9 anos que trabalho no ramo imobiliário e esta é a minha paixão. O meu objetivo é tornar os sonhos dos meus clientes realidade.

Ver Prémios

PARA VENDER/COMPRAR FALE COMIGO

910 102 220

O que deve saber sobre o Seguro de Vida do Crédito Habitação

Quando compra uma casa e pede um empréstimo ao banco obrigatoriamente tem de ter um seguro de vida. Ótimo no caso de lhe acontecer alguma infelicidade e não se ter de preocupar com a prestação da casa. Contudo nem sempre isso acontece.

A propósito da reportagem passada esta semana na TVI, em que um casal cliente do Santander ativou o seguro de vida após ser diagnosticada uma doença degenerativa a um dos cônjuges, e percebeu que afinal não iria ficar com a casa paga, pois esta doença estava excluída do contrato. 

Não foram os primeiros, nem serão os únicos a perceber que existem exclusões nos termos e condições destes, e outros tipos de contratos.

 

Para que serve este seguro de saúde?

Este seguro obrigatório serve para garantir ao banco que receberá o valor em dívida do empréstimo em caso de morte ou invalidez. 

Existem dois tipos de seguros, os ITP (invalidez total e permanente, em que basta ter mais de 60% de invalidez, na maior parte dos casos para poder acionar o seguro) e os IAD (invalidez absoluta e definitiva, em que tem de estar completamente dependente de terceiros para poder acionar o seguro).

 

Como se deve precaver de surpresas?

O importante é ter atenção quando assina e aceita este tipo de contrato. Legalmente a frase chave “Tomei conhecimento das condições do contrato”, por si só não quer dizer que tenha mesmo tomado conhecimento. 

Todas as condições devem estar anexas ao contrato, assinadas e datadas. Escusado será dizer que deverão ser lidas todas as alíneas com atenção. 

 

É obrigatório contratar o seguro de vida no banco do crédito habitação?

Mediante as informações apresentadas pelo seu banco, se considerar que as condições não são justas, para si, pode sempre procurar outra seguradora. 

Não é obrigado a fazer o seguro de vida no banco onde está a fazer o pedido de empréstimo. Por vezes o spread é reduzido, mas será que no futuro lhe irá compensar? Faça bem as contas.

Por outro lado, é importante saber que poderá alterar a seguradora contratada em qualquer altura, em muitos casos nem terá penalizações no spread. Mais uma vez aconselho informar-se e fazer as contas.

Existem ainda simuladores que pode utilizar para comparar seguros e ver qual a melhor opção no seu caso. 

 

O importante é estar informado da compra do seu seguro para não ter surpresas no futuro!

Autora
Tags