Cristina Carvalho

Há 9 anos que trabalho no ramo imobiliário e esta é a minha paixão. O meu objetivo é tornar os sonhos dos meus clientes realidade.

Ver Prémios

PARA VENDER/COMPRAR FALE COMIGO

910 102 220

Os 5 principais fatores a considerar na compra da casa ideal

Quando estiver à procura de casa, não se esqueça de ponderar muito bem estes 5 fatores. Apenas quando tiver todos muito bem resolvidos, e não restarem dúvidas sobre nenhum, é que deve pensar em comprar a sua casa ideal.

1. Localização

A localização é a primeira e a mais importante escolha que vai ter de fazer na compra de uma casa, uma vez que, depois de tomada, não há modo de ser alterada. Por isso, para tomar esta decisão, não se deve apressar, deve pensar muito bem em todos os aspetos da sua vida que serão influenciados pela escolha. Deve calcular os gastos que terá em deslocações e deve pesquisar sobre os serviços que existem nas proximidades, como hospitais, supermercados, farmácias, transportes públicos ou escolas. A localização é um dos aspetos que mais faz oscilar os preços dos imóveis, por isso é crucial que faça as contas todas para perceber o que de facto será um bom negócio para a sua situação em particular. Outro aspeto que deve incluir no processo de decisão relativo à localização é o valor do IMI, uma vez que a localização é um dos influenciadores do seu valor.

 

2. Condições de financiamento

Antes de avançar para a procura da sua casa ideal, tem de perceber quanto pode efetivamente gastar. Para isso, aconselho-o a fazer simulações de empréstimo em diferentes bancos de modo a encontrar o mais vantajoso. Ao fazer este exercício, analise muito bem as taxas de juro oferecidas e tenha sempre a TAEG como referência na comparação de empréstimos. Em relação às taxas de juro, o preferível é sempre optar por taxas fixas, uma vez que 20 ou 30 anos é muito tempo para conseguir prever a oscilação dos seus valores. Não se esqueça de incluir na sua análise outros empréstimos que tenha, como os do carro ou de eletrodomésticos. No total, com a prestação da casa, o recomendado é que não tenha empréstimos que ultrapassem 30% do seu orçamento mensal.

 

3. Mobília

Caso esteja a pensar em comprar um imóvel usado, uma dúvida que pode ter é se deve fazer a compra com a mobília incluída ou não. Se lhe propuserem um valor com a mobília incluída, tente saber por quanto ficaria a compra da casa sem os móveis, dado que, por vezes, lhe pode sair mais barato comprar os móveis à parte. Além disso, pode tentar perceber se com esse valor consegue comprar outra mobília que seja mais ao seu estilo.

 

4. Dimensão do imóvel

Outro fator fundamental é a adequação da casa dos seus sonhos às suas reais necessidades. Para perceber quais são as suas reais necessidades, tenha uma visão um tanto ou quanto futurista e calcule qual o espaço que vai precisar nos próximos anos. Isto porque, por norma, o empréstimo para a compra de uma casa é algo que dura quase a vida toda a pagar. Pense, por exemplo, sobre a possibilidade de alargar a família no futuro ou não e sobre o espaço em concreto que precisaria.

 

5. Estado de conservação

O estado de conservação do imóvel é fundamental para você entender quais são as despesas que pode ter com o mesmo passado algum tempo. Por um lado, quando o imóvel é novo, analise ao pormenor a sua construção e a qualidade dos materiais que foram utilizados. Por outro lado, quando o imóvel é usado, a sua atenção deve ser redobrada e, além dos aspetos mencionados anteriormente, deve também procurar detetar possíveis infiltrações, humidade nas paredes ou outros sinais de que serão necessárias reparações.

Autora
Tags